Translate this Page



 

 

 

    

 

super bowl 2021 on amazon prime

Resumo da História de Nova Lima
Resumo da História de Nova Lima

 

     Há indícios de que a História de Nova Lima já remonta um pouco antes da sua descoberta oficial também no final do século XVII quando o Bandeirante Borga Gato, que explorava o ouro no atual município de Sabará percebeu que toda aquela Região era rica em ouro em metais preciosos, então para ragalo seu, de sua família e amigos, passou a estudar e esplorar todos os afluentes do Rio das Velhas, vindo inclusive a explorar o ouro aqui em Nova Lima, mesmo antes da sua descoberta oficial. A esta região, Borba Gato a denominou com Ribeiro do Campo. Mas, oficialmente, a história de Nova Lima remonta ao fim do século XVII, quando o bandeirante paulista Domingos Rodrigues da Fonseca Lema chega em busca do ouro. Era costume entre os bandeirantes naquela época eregirem uma capela em homenagem ao seu Santo de devoção quando chegassem ao seu lugar de destino ou encontrasse ricas jazidas de ouro. Como Domigos Rodrigues da Fonseca Leme era devoto de Nosso Senhor do Bonfim, ao chegar aqui e encontrar o ouro manda erguer primeiro de taipa a primeira capela do funturo município, a Capela de Nosso Senhor do Bonfim, a primeira da futura cidade. A Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, já construída em alvenaria em 1720, atualmente tombada pelo Conselho Consultivo Municipal de Patrimônio Histórico e Artístico de Nova Lima, também marca o início da ocupação da região. Há registros que por volta de 1708, bandeirantes portugueses também mandam erguer uma capela em homenagem a Nossa Senhora do Pilar - a padroeira da cidade -, embora outros registros dão como certa a sua edificação em 1725.

     Após a chegada de Domingos Rodrigues da Fonseca Lema em nossa região, a ele seguiram-se outros aventureiros dando início ao povoamento na então conhecida Congonhas do Campo - primeira denominação do futuro município de Nova Lima -. Na década de 1720 surgiram engenhos e conceções para exploração mineral. Outros mineradores resolvem fixar-se na área, que, naquela época, já possuia um número considerável de habitantes.

     A primeira denominação dada ao local, como escrito anteriormente, foi Campos de Congonhas. Com a expansão das faisqueiras passou a ser conhecido por Congonhas das Minas de Ouro (pela quantidade de ouro encontrada em suas terras) abrigando a população que trabalhava em diversas minas como Bela Fama, Cachaça, Vieira e Uburu.

     Em 1748 o arraial é elevado a condição de Freguesia, e em 1836 é criado o Distrito, subordinado ao município de Sabará, com o nome de Congonhas de Sabará.

     Ao passo que o século XVIII foi o auge do Ciclo do Ouro no Estado de Minas Gerais e da mairo era de prosperidade de cidades como Ouro Preto e Mariana, o grande período de efervescência de Nova LIma se deu a partir de 1834. Neste ano a Compainha Inglesa Saint John D'el Rey Mining Company comprou a antiga Mina de Morro Velho e. a partir de então, a exploração da Mina passou a ser feita de forma mais organizada e com tecnologias pouco comuns no Brasil para a atividade.

     A exploração na produção aurífera seguiu-se um desenvolvimento considerável nas pequenas manufaturas locais, que abasteciam as minas com os materiais necessários, e no setor de serviços, com o surgimento de vendas, hospitais, bibliotecas e demais serviços. Estes, por sua vez, também impulsionavam as manufaturas, e os três setores, juntos foram responsáveis pelo aumento na população local.

     A presença da cultura britânica na região é explicada pela vinda de imigrantes ingleses quando da compra da Mina de Morro Velho pela Saint John D'el Rey Mining Company. Com eles veio também o Anglicanismo, religião ainda atuante no município. Outro exemplo claro de influência inglesa é a Queca, sobremesa do município muito comum, sobretudo, na época do Natal. Na verdade, trata-se do tradicional bolo inglês Christimas Cake, de frutas cristalizadas sendo que o termo Queca é um aportuguesamento de Cake (bolo em inglês). Tradicionalmente famílias locais presenteiam-se umas às outras com o bolo. Outros imigrantes Europeus como Espanhõis, Italianos e outros também para Nova Lima vieram deixando parte de suas culturas.

     O Centro de Memória Morro Velho através de fotos, utensílios e de sua própria construção transmite a história da mina, dos imigrantes e do próprio município bem como todo o conteúdo deste site aonde o internauta encontrará vasto material que ilustra toda a rica históira do município de Nova Lima.

     A data de 5 de fevereiro de 1891 marca a emancipação do município, denominado então Vila Nova de Lima em homenagem ao historiador, poeta e político Antônio Augusto de Lima. Apenas em 1923 Nova Lima recebeu o nome que permanece até hoje.

 

 

 

topo